Colchão de mola ou de espuma? Qual escolher? Explicamos aqui!

Colchão de mola ou de espuma? Qual escolher? Explicamos aqui!

Todo mundo sabe que é importante ter uma boa noite de sono, e que uma noite mal dormida deixa a gente de mau humor, cansado, irritado, improdutivo e se o problema for o colchão errado, até com dores no corpo.

Se o ideal é dormir 8 horas por dia, a gente passa 1/3 da vida sobre o colchão, e por isso, escolher o colchão certo é essencial para o seu bem-estar e a sua saúde.

Nesse texto vamos falar sobre o colchão de mola e o colchão de espuma, como escolher, o que observar na hora da compra, quais os benefícios de cada um deles e as principais diferenças entre eles, para que você consiga escolher a melhor opção de acordo com as suas necessidades.

Colchão de mola ou de espuma?

A gente não dorme apenas para descansar. Uma boa noite de sono é importante para a saúde porque é durante o sono que acontece a recuperação e a manutenção do equilíbrio do organismo.

Estudos indicam que as pessoas mudam de posição durante o sono de 35 a 60 vezes por noite (mesmo que você acorde na mesma posição que foi dormir), e por tudo isso que já falamos, é importante escolher o colchão certo. Afinal, qual o melhor: Colchão de mola ou de espuma? É o que vamos mostrar a seguir.

Diferença entre o Colchão de mola e o de espuma

Tanto o colchão de mola quanto o de espuma consideram o peso do usuário (ou usuários, no caso do colchão de casal) para indicar qual é o melhor deles, mas enquanto o colchão de espuma fala de densidade, o de mola fala na quantidade de molas por metro quadrado. Vamos falar sobre isso mais pra frente.

Vale dizer que existem vários tipos de sistemas de molejo (no colchão de mola) e vários tipos de espuma, e que antes de tomar a sua decisão final, é importante conversar com um profissional da área, para definir qual o melhor modelo para você.

A maior diferença entre o colchão de mola e o de espuma é o preço, já que o de espuma costuma ser mais barato. No entanto, a durabilidade do colchão de espuma é maior, e talvez a economia inicial não valha tanto a pena, já que você vai precisar trocar o colchão de espuma com menos tempo do que trocaria o de mola. O tempo médio de durabilidade do colchão de espuma é de três a cinco anos, enquanto o colchão de mola pode durar de cinco a dez anos. Sabe o desenho do corpo que fica no colchão de espuma mesmo se você tiver o costume de virar sempre o colchão de lado? Isso não acontece com o colchão de mola, e por isso ele dura mais.

Outro fator que você deve levar em conta é o conforto, pra não acordar mais cansado do que foi dormir na noite anterior, com dores de cabeça e no corpo, mau humor ou com aquela irritabilidade típica de uma noite mal dormida. Como o colchão de espuma é mais firme que o de mola, o colchão de mola é considerado mais confortável, já que responde melhor aos movimentos e às pressões que o corpo faz durante a noite. Porém, se você prefere uma superfície mais firme, o de espumas pode ser melhor pra você, e aí basta saber escolher de acordo com a densidade.

O colchão de espuma considera o peso do usuário para indicar a melhor densidade da espuma:

  • D23 – ideal para quem pesa até 60 kg
  • D28 – ideal para quem pesa até 80 kg
  • D33 – ideal para quem pesa até 100 kg
  • D45 – ideal para quem pesa até 150 kg

Existe a espuma visco elástico Nasa, que o corpo “afunda”, a espuma Latéx, que tem furos que permitem maior circulação de ar e não limitam tanto os movimentos, e a espuma memosense, que é a mais resistente á deformações.

Para o colchão de mola, além da quantidade de molas, é importante considerar o tipo de mola, principalmente se for uma cama de casal, já que alguns sistemas de molejo fazem a colchão balançar mais ou menos, incomodando o seu parceiro enquanto você se mexe.

Para esses casos, o ideal é o modelo de molas ensacadas, que além de se moldar melhor ao corpo, não balança tanto quanto o modelo de molas superlastic ou multilastic.

colchão de mola ou espuma

A quantidade de molas por metro quadrado também influencia na quantidade e no conforto, e por isso, o colchão de mola também considera o peso do usuário:

  • Bonnell ou Nanolastic – até 90kg
  • Pocket – (mola ensacada) até 90kg
  • Superlastic – até 110kg
  • LFK – até 150kg

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 2,00 out of 5)
Loading...

Comments (9)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *