Persiana romana: Um clássico para deixar a sua casa mais bonita!

Persiana romana: Um clássico para deixar a sua casa mais bonita!

Cortinas e persianas são partes essenciais de uma decoração. Além de compor o local e dar estilo e charme para o ambiente, são peças ótimas para proteger a casa do sol e dar privacidade ao cômodo. Além de ajudar na conservação dos móveis, eletrônicos e pisos de madeira, que sofrem danos com a luz do sol. Persianas são práticas e te possibilitam regular o quanto de luz entra na casa. Cortinas além de proteger da luz excessiva, são sofisticadas e dão uma cara linda para o ambiente.

Existem muitos modelos diferentes, mas as cortinas e persianas romanas são uma ótima opção para quem quer dar um ar sofisticado para o ambiente. São horizontais, geralmente sem estampas, valorizam as transparências e cores mais pastéis. Combinam muito com decorações mais rústicas. A opção de romana ainda poder trazer as cortinas em conjunto com persianas, o que faz com que você tenha mais facilidade para decidir o quanto de luz deve entrar. Elas se dobram a medida que é suspensa, e ao se fechar, se formam listras horizontais nos painéis que ficam linda como decoração.

Continue lendo para saber mais e se inspirar com as fotos que selecionamos para você!

Material das cortinas romanas

A maioria se encontra com tecidos nobres, como seda e fibras naturais. E ainda pode ser de blecaute de vinil ou tela solar (que bloqueia tanto os raios Infra vermelhos como os raios UVB). Podem ser em acabamentos com bandô reto, em madeira MDF, alumínio ou com chalé em tecido. Também há as opções com maior ou menor controle de abertura.

persiana romana

Cortinas romanas para o quarto

O quarto sendo um local para dormir e de descanso, tem como ideal as persianas romanas. Com elas você pode regular o quanto de luz quer deixar entrar, sendo uma ótima opção as feitas em blecaute de vinil. As cores mais cruas são as mais indicadas, para dar leveza ao ambiente e trazer a sensação de conforto que todo quarto precisa. O tecido translúcido é super indicado porque cria um ambiente com luminosidade agradável e aconchegante.

persiana romana

Para cozinha

A cozinha é um ambiente da casa que geralmente bate muito sol, sendo indicada o uso das persianas romanas em tela solar. Pois protege dos raios e não deixa a cozinha tão quente (como já costuma ficar por causa do fogão, microondas etc). Por ser um local de muito acúmulo de sujeira e gordura, as ideias são de material sintético que podem ser limpas facilmente com detergente. As feitas de tecido não são indicadas, pois além de serem mais complicadas para limpar, sugam mais a gordura do ambiente.

persiana romana

persiana romana

Para sala

Lugar de conversas e o ambiente que apresenta a casa para quem chega, pede cortinas/persianas mais rústicas mas sempre combinando com a decoração do local. Cores pastéis são a melhor opção, pois deixa que outros elementos da sala chamem mais atenção. Podendo assim brincar com as cores no sofá, tapete ou quadros. O mais recomendado são as versões mais longas, que vão até quase o chão. As de tecidos são as que mais combinam, pois trazem um ar de conforto e sofisticação.

persiana romana

Preços da cortina romana

Na Leroy Merlin você encontra diversas dessas opções de cortinas/persianas romanas com preços acessíveis ao seu gosto. Para conhecer os preços e verificar as condições de entrega, é só clicar no botão a seguir:

Como fazer uma persiana romana em casa?

Para você que está com pouco dinheiro e quer ter uma dessas cortinas, dá para fazer em casa. Dá um pouquinho de trabalho, mas a economia compensa no final.

persiana romana

Materiais

  • Duas camadas de tecido grandes o suficiente para cobrir a abertura da janela. (fica a seu critério a cor, tipo de tecido, mas o ideal é tecido próprio para cortina etc).
  • Um pedaço de madeira de 25x25mm do tamanho da janela.
  • Fita para cortina romana ou anéis de plástico/metal.
  • Dois ou três parafusos de olho do tamanho dos anéis.
  • Cordas (do tamanho da fita da cortina e mais um pouco para a “corda de puxar”).
  • Tiras de plástico ou madeira fina da largura da janela.
  • Tecido/cola de madeira.
  • Máquina de costura.
  • Linha que combine com o tecido.
  • Agulha de mão.
  • Pistola de grampo.
  • Fita de velcro na largura da janela.

Como fazer

  • Corte a vareta de madeira de 25x25mm. Preste atenção, pois ela precisa se acomodar perfeitamente na parte interna superior da abertura da janela.
  • Parafuse o pedaço de madeira na parte interna superior na moldura da janela.
  • Para o tamanho do tecido, meça a abertura da janela e deixe cerca de 2,5 cm de tecido sobrando tanto na altura quanto na largura (o tecido extra é para a borda da costura). O tecido externo pode ser um pouco maior, deixando uma margem para cobrir a parte de trás da cortina. Então corte.
  • Prenda as duas camadas de tecidos juntas. Preste atenção para não prender os lados errados.
  • Se não quiser colar as ripas, costure fita de tecido no tecido de forro para fazer bolsos para as ripas. Costure nas bordas. Deixe um pedaço sem costurar para poder virar o tecido do lado correto quando terminar.
  • Apare as costuras dos cantos cortando fora o tecido extra para que as pontas não fiquem emboladas e grossas.
  • Se o tecido externo estiver maior para criar uma margem atrás, costure as laterais unindo-as igualmente.
  • Faça à mão a bainha da parte de baixo e na parte superior use fita de tecido, que adere com ferro quente; elas não vão aparecer.
  • Vire o tecido de dentro para fora e passe-o a ferro para que fique esticado.
  • Faça um ponto invisível na abertura que você fechou à mão. Costure uma tira de velcro de um lado a outro da borda de cima do material (o velcro servirá para anexar o tecido à madeira).
  • Meça e marque as linhas horizontais. Marque onde quiser que as pregas/dobras caiam. Aí você escolhe qual tamanho que prefere das dobras, maior ou menos.
  • Cole “ripas” em tiras finas horizontais de material rígido por todo o tecido na marca das pregas. Deixe a cola secar, espere cerca de vinte minutos.
  • Costure os anéis de plástico nas ripas. Deixe um espaço uniforme entre eles formando, pelo menos, duas linhas verticais. Prenda muito bem os anéis na cortina.
  • Meça e corte duas medidas de corda. Ambas devem ter o dobro da altura da janela.
  • Amarre bem as cordas no anel inferior de cada linha vertical de anéis.
  • Passe a linha verticalmente pelas alças costuradas.
  • Fixe um parafuso de olho na vareta de 25x25mm em cada ponta onde chegam as linhas verticais.
  • Anexe a parte de cima da cortina à vareta de 25x25mm utilizando velcro ou grampos.
  • Passe a cordinha de puxar pelo parafuso de olho. Mantenha o tecido esticado e passe cada cordinha pelo seu respectivo parafuso de olho que está na parte superior.
  • Passe todas as cordas pelos parafusos de olho juntando-as em um lado só para levantarem ou baixarem a cortina.
  • Amarre as cordas juntas na parte de cima após o último parafuso de olho e treine o tecido para que ele caia em dobras perfeitas.
  • Puxe a cordinha com cuidado e está pronta!

Cortinas romanas estampadas

Existe ainda a possibilidade de deixar o ambiente mais alegre apostando em cortina romana estampada. Veja algumas fotos a seguir:

cortina romana estampada cortina romana estampada cortina romana estampada cortina romana estampada

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Comments (0)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *