Lustre: Veja fotos, dicas e aprenda a escolher o tipo ideal para a sua casa!  

Lustre: Veja fotos, dicas e aprenda a escolher o tipo ideal para a sua casa!  

Embora nem todo mundo dê a devida atenção, a iluminação é parte importantíssima na hora de decorar ambientes, afinal, além de ser elemento essencial para o bom funcionamento do espaço, ela ajuda a deixar o ambiente mais aconchegante e estiloso. Por isso, luminárias como lustre e pendentes são peças-chave para uma boa ambientação e necessitam de atenção na ambientação de qualquer local.  

Como escolher o lustre ideal?

Por ser uma peça importante, já é possível encontrar no mercado variados modelos de lustres, que atendem aos mais diversos tipos de decoração, sejam eles mais simples ou mais sofisticados. O que a maioria dos especialistas no assunto recomendam é a total atenção aos detalhes dessas peças na hora de escolher o lustre ideal para a ambientação do cômodo.

Lustres clássicos

Os modelos clássicos resgatam o design dos primeiros lustres, que começaram a ser utilizados em meados do século XVII, em locais extremamente luxuosos. Por isso, geralmente, essas peças são muito rebuscadas, feitas em materiais que imitam o ouro e a prata, além de possuírem diversas ramificações, que no passado davam suporte a velas e agora dão suporte a lâmpadas.

modelo lustre clássico

modelo lustre clássico

modelo lustre clássico

modelo lustre clássico

modelo lustre clássico

Lustres rústicos

O modelo de lustre rústico também possui um toque clássico em seu design, mas a grande diferença fica por conta de seu material, que geralmente remete a materiais inferiores ao ouro e a prata, como o ferro, cobre e madeira.

Esse tipo de lustre resgata os modelos mais baratos utilizados por camponeses a partir do século XVIII, mas que nem por isso deixava de ser sofisticados, já que muitos tentavam imitar os modelos utilizados pela nobreza. Por essa razão, a grande característica desses modelos é o aspecto artesanal.

Lustres modernos

A grande característica dos lustres modernos são as formas variadas, criativas e, muitas das vezes, geométricas. Esses formatos quase sempre abrigam luzes das mais variadas cores e são feitos de materiais que fogem do tradicional, como plástico, vidros e cristais.

Os lustres modernos também se diferem pelo tamanho, pois existem muitos modelos menores e mais discretos, pensados para ambientes menores, como apartamentos e pequenas casas, que vem se tornando cada vez mais comum nos dias de hoje.

Para sala

A sala é geralmente o ambiente da casa onde as pessoas procuram deixar o mais aconchegante possível, afinal, é o primeiro local onde se recebe visitas. Por isso, vale a pena apostar em lustres grandes e com bons suportes de iluminação, isso ajudará a deixar o ambiente mais iluminado e agradável.

É sempre bom se atentar à regra da proporção: ou seja, se o ambiente for pequeno demais, não vale a pena apostar em um lustre muito grande, da mesma forma que ambientes maiores podem não ficar legal e bem iluminado com lustres extremamente pequenos.

Para sala de jantar

Se a casa possui uma sala de jantar, a utilização do lustre pode ser voltada para um fim mais decorativo. Por isso, vale a pena apostar em lustres com bons formatos e com luzes mais quentes, como as de cor alaranjadas. Isso pode funcionar bem para deixar o ambiente mais romântico, por exemplo.

Como os lustres ficarão por cima de mesas ou cantos alemães, a grande dica é combinar o material dessa peça com o material dos móveis. Para isso, vale a pena apostar na harmonia das cores ou, até mesmo, no contraste.

Evite utilizar lustres na cozinha

Embora possuam diversos modelos que podem deixar a decoração da casa mais bonita, muitos especialistas no assunto não indicam a utilização de lustres na cozinha, pois a gordura dos alimentos se acumulam nessas peças. Mas, para as cozinhas, existem peças mais funcionais e que podem apresentar quase o mesmo resultado, os pendentes.

Lustres Pendentes

Ao contrário dos lustres, os pendentes são luminárias com estrutura única e simples, sem ramificações, e que são ligados ao teto apenas por um fio. Por serem mais simples, eles acumulam menos gordura e, por isso, são indicados para cozinhas.

Apesar de não possuírem uma estrutura complexa, os pendentes são ótimas opções para quem deseja uma decoração mais simples e, ao mesmo tempo, sofisticada. Atualmente, existem variados tamanhos no mercado, que atendem aos mais variados tipos e tamanhos de ambientes.

Deixe seu comentário e conte pra gente qual estilo de lustre você prefere!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Comments (1)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *