Piscina de fibra: Será que vale a pena investir em uma? Quais as vantagens e desvantagens?

Piscina de fibra: Será que vale a pena investir em uma? Quais as vantagens e desvantagens?

Os dias têm sido cada vez mais quentes e a vontade de ter uma piscina em casa só cresce. Nada como se refrescar nas águas e chamar os amigos para um dia de piscina e diversão. Uma das melhores opções de piscina são as de fibra. Com instalação simples e custo bem mais baixos que as de alvenaria ou vinil, as de fibra são mais leves e têm durabilidade de 20 anos.

Como escolher uma piscina de fibra?

Primeira coisa é pensar no tamanho que ficará bom no espaço que você tem. Opte por escolher um tamanho que fique bom e não pegue todo o espaço. A maioria das lojas disponibilizam as piscinas já prontas, com tamanhos e modelos diferentes. Basta você pensar se quer ela mais funda, qual forma prefere (retangular, redonda, oval etc), se deseja escada (algumas piscinas já vêm com a escada, outras é necessário que você compre separadamente). O importante é pensar em como você quer a estética da sua piscina, mas também em quem irá frequentar. Se for bem frequentada por crianças e idosos, é ideal que a piscina venha acompanhada de escadas para facilitar a entrada e saída deles. Alguns lugares também fazem a piscina conforme seu gosto, com tamanhos, formas e medidas exatamente do jeito que você quer.

piscina de fibra

Quanto custa uma piscina de fibra?

O seu preço vai depender muito das dimensões e profundidade da piscina, e por isso é muito difícil precisar o valor. Mas além de considerar o valor de instalação e compra da piscina, é interessante calcular também o valor de manutenção, e se você pode arcar com os custos. É importante lembrar que uma piscina precisa de limpeza quase que diária, de produtos, como cloro, e dependendo da sua situação, você vai precisar contratar um especialista para fazer essa limpeza.


Veja também: Piscina de vinil


Como deve ser a preparação do terreno?

A própria empresa que fornece a piscina, geralmente também disponibiliza profissionais para a preparação do terreno e instalação. Na preparação é feito:

  • Análise do terreno para saber se é o lugar ideal para a instalação.
  • É feita a limpeza do terreno, para tirar gramas, “matinhos”, pedras etc.
  • É feita a escavação com os instrumentos necessários, sempre prestando atenção no nivelamento para que a piscina fique certa e não ocorrem futuras rachaduras com o tempo.
  • Diferentemente das piscinas de vinil, após a escavação não é necessário o uso de malhas de ferro, vigas e argamassa. A maioria opta por apenas fazer um “colchão” de areia e base cimentada fina no fundo do buraco.

piscina de fibra

Instalação da piscina de fibra

Após a escavação certinha e completa, é a hora de colocar a piscina no buraco. Nesse momento é importante prestar atenção no posicionamento dela e é indicado que seja colocado um pouco de água dentro. Pois seu peso ajuda a posicionar a piscina adequadamente e evita a entrada de sujeira entre a base e o fundo da piscina.

Depois de colocar a piscina adequadamente, é hora das instalações das tubulações hidráulicas e bomba de água, que manterão o fluxo de água dentro da piscina. Se preferir ainda, pode já ser instalados os equipamentos para o aquecimento da água e iluminação da piscina.

Para preencher os entornos da piscina, é usado uma mistura de areia, cimento e terra. Deve ser preenchido toda a parte escavada e o casco. É indicado que seja feito aos poucos de forma simultânea: o preenchimento com a mistura e enchimento da piscina. Dessa forma é garantido todo o preenchimento do espaço e o peso da água ajuda no assentamento do solo.

O acabamento fica por conta da instalação do contrapiso e revestimento externo em volta da piscina. Opte por pisos que não são tão escorregadios e aposte em formas que combinem com a sua piscina e seu estilo.

Algumas desvantagens das piscinas de fibras

Apesar de serem mais baratas, serem fáceis de instalar e ter uma boa durabilidade, tem alguns pontos que é necessário estar sempre atento:

  • Bolhas na fibra da piscina: em algumas piscinas, com o tempo começa o surgimento de bolhas na fibra. Além de feio esteticamente, é desconfortável para andar, encostar etc. Para evitar que isso aconteça, procure por piscinas com barreira química.
  • Rachaduras na fibra da piscina: isso pode acontecer devido a um erro do profissional que analisou o terreno e o preparou. Devido a movimentação do terreno, pode apresentar fissuras. Isso pode acontecer também pela má qualidade da piscina ou por ter sido instalada sobre pedras. Então se atente tanto na compra quanto na contratação dos profissionais.
  • Descoloração ou desbotamento da fibra: a ação do cloro pode acabar desbotando a fibra da piscina. Vai perdendo a cor e ficando opaca. Então ao aplicar o cloro e os algicidas, antes dilua os produtos na água para evitar o contato direto e forte do produto na sua piscina.
  • Manchas na fibra: algumas piscinas apresentam manchas por alguns tipos de objetos que acabam caindo nela, como grampos, clips, tampinhas de garraga etc. Então evite entrar na piscina com esse tipo de objeto para não danificar a fibra.

Piscina de fibra com deck

Veja a seguir imagens de algumas piscinas de fibra com deck de madeira:

piscina de fibra

piscina de fibrapiscina de fibra

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Comments (0)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *