Piscina aquecida: Veja aqui tudo que você precisa saber!

Piscina aquecida: Veja aqui tudo que você precisa saber!

A piscina aquecida é a atração de hotéis e resorts que ficam localizados em lugares mais frios, e também é um diferencial em academias, condomínios, spas e clubes, para que os clientes não deixem de freqüentar o lugar nos dias de temperaturas mais baixas.

Se você quer instalar uma piscina aquecida em casa ou no seu estabelecimento, veja quanto custa uma piscina aquecida, quais os tipos de sistemas de aquecimento e como fazer o tratamento da água, além de outras dicas úteis para ter a sua piscina de água quente.

Qual a temperatura de uma piscina aquecida?

A temperatura da piscina aquecida pode variar e ser controlada através da programação do termostato, mas o ideal é que a temperatura fique entre 18°C e 25C° para adultos e entre 25°C e 28°C para crianças, podendo chegar a 32°C em piscinas que são usadas para aulas de natação e hidroginástica.

O controle da temperatura pode ser constante, quando a temperatura desejada é programada e se mantém durante o tempo todo, ou intermitente, podendo aquecer apenas durante o período que a piscina for utilizada.

Quanto custa uma piscina aquecida?

O preço da piscina aquecida pode variar tanto na instalação quanto na manutenção, dependendo do sistema de aquecimento que você optar. A piscina aquecida pode funcionar por eletricidade, lenha, carvão, gás, óleo ou luz solar. A temperatura e o uso da piscina também pode interferir no custo, por causa dos gastos com o combustível.

O sistema de aquecimento para piscina de água quente mais utilizado é o gás, tanto por causa do baixo custo, quanto pela disponibilidade do combustível, que pode ser gás natural, GLP ou gás propano. O sistema de aquecimento elétrico é o mais caro.

Uma boa forma de reduzir os gastos com a piscina aquecida é fazendo a instalação de uma cobertura (porque reduz a perda de calor) e de uma limpeza eficiente do filtro e do sistema de aquecimento.

Vale a pena investir em uma piscina aquecida?

A instalação de um trocador de calor e da capa térmica para transformar a sua piscina em uma piscina de água quente vai evitar o desconforto do frio e o choque térmico que aconteceria quando sua família ou seus clientes entrassem na água fria, e por isso, vale a pena investir em uma piscina aquecida.

Quando a questão for financeira, vale optar pelo aquecimento intermitente ao invés do aquecimento constante, para gastar menos combustível e economizar, aquecendo a piscina apenas para os períodos em que ela será utilizada, ao invés de programar o termostato na temperatura desejada e deixar a piscina aquecida também durante os períodos em que ninguém esteja utilizando.

Vamos falar a seguir sobre como tratar a piscina aquecida, para te ajudar a avaliar e a tomar essa decisão.

Piscina aquecida

Como tratar a piscina aquecida?

A piscina demanda um tratamento diferente da piscina de água gelada, tanto no controle da alcalinidade, quanto no controle do pH e do nível de cloro, porque a água em temperaturas mais altas (podendo chegar até a 35°C) pode proporcionar o crescimento de algas e bactérias na água.

Veja como deve ser a rotina de tratamento da piscina aquecida, caso você não queira ou não possa contratar um profissional ou empresa para fazer o tratamento e a limpeza da piscina de água quente:

  • Ao contrário da piscina de água fria, quando o pH é controlado de 3 em 3 dias, com a piscina aquecida esse controle deve ser feito diariamente, porque ele tende a aumentar;
  • Na piscina aquecida o cloro evapora e se decompõe muito facilmente, então, no começo o ideal é medir o nível de cloro de hora em hora, até estabelecer a quantidade ideal para manter a água cristalina e sem cheiro de cloro e poder fazer esse controle de 12 em 12 horas;
  • A limpeza das bordas também deve acontecer com mais freqüências, pois como o nível de suor dos banhistas aumenta, a gordura na borda das piscinas de água quente é maior, e a limpeza freqüente evita que essa sujeira grude.

É importante dizer que a piscina aquecida precisa de mais cloro, já que a decomposição e evaporação dele é mais rápida que na piscina de água fria, mas que a cloramina (sensação de excesso de cloro, ardência nos olhos e cheiro forte) não deve ser o único fator a ser considerado para diminuir a quantidade de cloro.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Comments (2)

  • Foi muito útil, pois tenho piscina térmica em casa. Gostaria de saber mais sobre limpeza e manutenção das piscinas térmicas.

    Reply
  • Eu tenho uma piscina com aquecimento solar em casa. A temperatura fica em torno de 35° C para uso noturno. Eu uso um flutuante com cloro estabilizado e, cada refil, dura uma semana. Uso tb a capa térmica, que dura uns dois anos. O controle de PH e Alcalinidade, faço apenas uma vez por semana e funciona muito bem. Quando o PH fica baixo (tendência do cloro estabilizado), basta colocar bicarbonato de sódio.

    Reply

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *